PUB

chamusca ascensao

PUB

cms familias

PUB

O município de Torres Novas vai receber cerca de 87 mil euros para a criação da “Rota do Almonda”, que será um novo percurso de ligação entre o Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC) e a Reserva Natural do Paul do Boquilobo (RNPB) tendo o Rio Almonda como corredor ecológico entre as duas áreas protegidas.

Slide thumbnail

A candidatura apresentada pela Câmara, que tinha um montante elegível a rondar os 103 mil euros, já foi aprovada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), com um financiamento de 85% do total.
Esta rota será, segundo uma nota de imprensa da autarquia torrejana, “um percurso complementar à Grande Rota do Carso e terá início no Centro de Interpretação da Gruta do Almonda (CIGA) desenvolvendo-se ao longo de aproximadamente 26 quilómetros até ao Paul do Boquilobo, classificado desde 1981 como Reserva da Biosfera pela UNESCO”.
A área abrangida pela rota inclui ainda dois sítios da Rede Natura 2000, sítios RAMSAR (Convenção Internacional sobre Zonas Húmidas), e a exsurgência usualmente designada por nascente do Almonda, acrescenta o mesmo documento.
As intervenções previstas ocorrem nas duas áreas classificadas (PNSAC e RNPB) e no corredor de ligação transversal que as liga e interrelaciona, o Rio Almonda, nomeadamente em sinalética, equipamentos e estruturas de informação, instalação de duas estações automáticas de monitorização do caudal e qualidade da água, e a elaboração de projeto expositivo e interpretativo para Centro de Interpretação da reserva do Boquilobo, entre outros.

 



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Quem está Online?

Temos 492 visitantes e 0 membros em linha